OVNIs Revelados? Explosivas Provas Alienígenas Desestabilizam o Capitólio – Relatório Chocante Prestes a Ser Divulgado

Ovnis

Por décadas, os Estados Unidos evitaram falar sobre o assunto controverso dos objetos voadores não identificados (OVNIs), mas agora a ufologia voltou a se tornar um tópico importante no Capitólio, impulsionada por um grupo de congressistas em busca de respostas.

Uma História de Evitação e Tabus: Décadas de Silêncio sobre OVNIs nos EUA

Atualmente, o caso de amor duradouro dos EUA com OVNIs está vivenciando uma segunda fase intensa após a divulgação, em 2020, de vídeos de encontros de pilotos militares com objetos voadores não identificados em 2004 e 2015 pelo Departamento de Defesa. Esse evento despertou a imaginação do público e, consequentemente, levou congressistas em Washington a buscar esclarecimentos sobre os chamados Fenômenos Aéreos Não Identificados (UAPs) – um termo preferido para evitar associações conspiratórias com OVNI.

Fenômenos Aéreos Não Identificados (UAPs): Muito Mais que Naves Extraterrestres

Eles incluem também balões (espiões, meteorológicos ou outros), dispositivos supersônicos de potências rivais como China e Rússia, lixo espacial, satélites de Elon Musk ou simples ilusões ópticas. Essas revelações recentes foram inicialmente publicadas em um meio pouco conhecido em junho, não pelos principais jornais, mas ganharam destaque público. Desde 2007, o Pentágono mantém um programa de estudo de avistamentos militares de UAPs, com financiamento oculto no orçamento de Defesa dos EUA.

Os Fenômenos Aéreos Não Identificados (UAPs) incluem não apenas supostas naves extraterrestres, mas também balões (espiões, meteorológicos ou outros), dispositivos supersônicos de potências rivais como China e Rússia, lixo espacial, satélites de Elon Musk ou simples ilusões ópticas.

Explosiva Audiência no Congresso: Ex-agente Revela Segredos do Pentágono sobre OVNIs

Um ex-agente de inteligência, David Grusch, testemunhou que o governo possui naves alienígenas danificadas e “restos biológicos não humanos”, informações compartilhadas com ele durante sua investigação para o Pentágono. Apesar disso, ele afirmou que revelá-las resultaria em prisão. A pesquisa Gallup de 2019 mostrou que 68% dos americanos acreditam que o governo sabe mais sobre OVNIs do que revela, e 33% acreditam que alguns avistamentos correspondem a espaçonaves alienígenas visitando a Terra. No entanto, o Pentágono negou veementemente as alegações feitas pelo depoimento de Grusch, afirmando que seus investigadores não encontraram informações verificáveis para corroborá-las.

Alguns membros do Congresso expressaram ceticismo durante a audiência

Uma pesquisa Gallup de 2019 mostrou que 68% dos americanos acreditam que o governo sabe mais sobre OVNIs do que revela. Além disso, 33% acreditam que alguns avistamentos correspondem a espaçonaves alienígenas visitando a Terra.

Por outro lado, o Pentágono negou veementemente as alegações feitas pelo depoimento de Grusch. Consequentemente, afirmou que seus investigadores não encontraram informações verificáveis para corroborá-las.

Durante a audiência, alguns membros do Congresso expressaram ceticismo, levantando questionamentos sobre a possibilidade de uma espécie alienígena avançada tecnologicamente não ser capaz de evitar colidir com a Terra.

 OVNIs


Um meio pouco conhecido publicou essas revelações recentes em junho, e não pelos principais jornais, mas a esfera pública lhes deu destaque. O Pentágono já possui um programa de estudo de avistamentos militares de UAPs desde 2007, com financiamento oculto no orçamento de Defesa dos EUA.

O fascínio por OVNIs nos EUA remonta a décadas

O fascínio por OVNIs nos EUA remonta a décadas, com eventos como o “incidente ufológico” de 1947, que popularizou a expressão “disco voador”. O tema continuou a atrair interesse ao longo do tempo, especialmente com o advento de tecnologias como drones e smartphones que permitem mais avistamentos de objetos suspeitos nos céus.

No Capitólio, a ufologia continua sendo um tópico de relevância, com congressistas buscando transparência e maior divulgação de informações sobre OVNIs e assuntos extraterrestres. Um comitê de cientistas elaborou um relatório sobre esse tema, e sua publicação está programada para agosto.

O que há de novo?

Compartilhe com seus amigos:

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Rolar ao topo
Scroll to Top